terça-feira, 10 de junho de 2014

17 Relatos de humanoides voadores

Você já deve estar familiarizado(a) com o fenômeno UFO (objetos voadores não identificados), o que você talvez não saiba, é que há uma variedade de humanoides voadores não identificados. Sim, isso mesmo, correm vários relatos, fotos e filmagens ao redor do mundo à respeito dessas misteriosas criaturas. Seriam elas uma variedade de criaturas pertencente à criptozoologia? Visitantes de outro planeta ou talvez de outra dimensão? Delírio coletivo? Quem ai nunca assistiu ao filme olhos famintos? Eu hein!


humanoides voadoresRelatos fantásticos sobre misteriosos "seres voadores" de formato humanoide, vêm circulando ao redor do mundo desde tempos imemoriais. Quase todos os contos de fadas de todas as nações tem uma descrição de uma criatura alada que se parece com um ser humano. Pesquisadores em diferentes partes do mundo começaram a tentar o mais difícil, desvendar o mistério dessas misteriosas criaturas voadoras. 
A Força Aérea dos EUA mantém em arquivo, um relatório sobre um UFH (Humanoide voador não identificado) relatado por uma pessoa chamada William S. Cordeiro do estado Norte Americano de Nebraska. Esse relato trata-se de uma das criaturas que veio a se tornar a mais famosa entre as aparições de humanoides voadores, o Mothman. Confiram agora 17 relatos de avistamento dessas misteriosas figuras:


17.  Batman do Brooklyn
  
Mais de 100 anos atrás, um homem chamado W.H. Smith disse ao New York Sun que viu uma “forma humana alada” voando sobre o Brooklyn, Nova York, em 18 de setembro de 1877. Apenas cerca de três anos mais tarde, haviam vários relatórios em Coney Island, Brooklyn, de um homem com asas de morcego sobrevoando a cerca de 300 metros. O homem estava voando em direção à costa de Nova Jersey, testemunhas disseram ao New York Times, que ele tinha uma “expressão cruel e determinada” em seu rosto.


16.  Anjo sem asas
  
É fácil dizer que estes avistamentos podem ser pássaros identificados incorretamente ou  ilusões induzidas por efeito do álcool quando uma ou duas pessoas apenas relatam. Mas quando mais de 240 pessoas, no entanto, atestam ver a mesma coisa, os relatórios são muito mais difíceis de desconfiar. Um lugar foi alvo de avistamentos ao longo de vários dias, em junho de 1905 em Voltana, Espanha. As pessoas descreveram uma mulher vestida de branco voando pelo ar – sem o auxílio de asas. A mulher, por vezes, voava contra o vento; uma mulher que testemunhou, disse que ela pode ouvir a mulher-voadora cantar quando passou por cima dela.


15.  Robô voador
  
humanoides voadores
Era o inverno de 1936 na região de Pavlodar, no Cazaquistão, no que era a então união soviética, quando este avistamento ocorreu. A sra. E.E. Loznaya era uma menina de 15 anos de idade, em um dia quando ela estava caminhando para a escola em uma rua tranquila, a sua atenção foi atraída por uma estranha figura acima dela. Voando rapidamente através do céu era uma figura humanoide com uma vestimenta completamente preta. Apesar de sua velocidade, a menina foi capaz de ver e descrever claramente. Ele era “de estatura mediana e suas roupas pretas cobriam completamente, como um macacão”, disse ela. Ele fez um barulho estrondoso e pareceu para ela estar usando um capacete de algum tipo, tinha uma superfície preta e usava uma “mochila” nas costas.


14.  Homens voadores
  
Haviam lendas de um homem que voava na União Soviética, mas não como o descrito acima. Caçadores em torno das montanhas perto de Vladivostok Sikhote alegaram terem se deparado com impressões de um ser humano com os pés descalços, que terminavam abruptamente, como se ele tivesse sumido no ar. Tal criatura foi realmente vista pelo escritor VK Arsenyev em julho de 1908. “Eu vi a marca no caminho que era muito semelhante à pegada de um homem … então algo ocorreu e ele despareceu nas proximidades entre os arbustos. Então me abaixei, peguei uma pedra e atirei contra o animal desconhecido. Então aconteceu algo que foi bastante inesperado: Eu ouvi o bater de asas Algo grande e escuro surgiu da neblina e voou sobre o rio“.


13.  Inventores loucos?
  
humanoides voadores
Várias pessoas viram um homem voando sobre Chehalis, Washington em 6 de janeiro de 1948. Bernice Zaikowski era um deles. Ela foi logo acompanhado por alguns alunos que pediram para entrar em seu jardim para ter uma melhor visão do mistério aéreo. O homem, na posição vertical, pairava a apenas 20 metros acima do seu celeiro, ela estimou. Ele estava aparentemente mantido no ar por longas asas de prata que foram amarradas em seu corpo. Ele parecia ter algum tipo de controle sobre o seu peito, que ele trabalhou para manobrar-se com um monte de barulho zunindo.

Um caso muito semelhante foi relatado oito anos mais tarde, em Falls City, Nebraska. Em uma tarde de outono, em 1956, “John Hanks” viu uma criatura alada voando apenas cerca de 15 metros acima do solo. Suas asas eram como alumínio brilhante e possuía luzes multi-coloridas brilhando ao longo de sua parte inferior. As asas, que mediam por volta de 15 pés, estavam claramente ligadas ao homem, por meio de um cinto de ombro. Este homem voador, também teve algum tipo de painel de controle fixado em seu peito, e que manipulou-o para voar. Este avistamento poderia ser atribuído a alguma invenção notável, a não ser para as testemunhas que descreveram o homem voador como: “. Muito assustador, quase demoníaco. Pele enrugada de couro, grandes olhos azuis lacrimejantes” .

Em abril de 1948, na cidade de Longview, Washington, duas testemunhas viram nada menos que três homens de capacete voando em torno de uma maneira similar. As testemunhas não podiam ver motores ou hélices, mas pareceu-lhes que podiam ouvir sons parecidos com os de motor. (É interessante notar a semelhança destes últimos três contos com as aeronaves ultraleves ou asa-deltas, mas, claro, elas não haviam sido inventados ainda.)


12.  O homem voador retorna
  
Em 1952, Sinclair Taylor, um jovem soldado de guarda no Camp Okubu perto de Kyoto, no Japão, também viu uma coisa voando, pela primeira vez  pensando que era um pássaro. Assim que ele chegou mais perto e pairou acima dele, o guarda podia distinguir que tinha corpo de um homem que, se ele estivesse de pé, teria 2 metros de altura. Sua envergadura também foi estimada em 2 metros. Sentindo-se ameaçado, ele atirou contra este ser com seu rifle, mas seja o que fosse que estava lá, havia desaparecido. Estranhamente, quando o guarda relatou o incidente, o sargento revelou que outro guarda teve uma experiência semelhante no ano anterior.


11.  Mulher morcego
  
Alguns marines tinham Bob Hope como entretenimento durante a Guerra do Vietnam.  Outros tinham ainda mais sorte. Três Marines dos EUA, de guarda uma noite em Da Nang, no Vietnã em 1969, também foram abordados por uma criatura alada, mas esta era tentadoramente diferente. Quando a criatura chegou voando cada vez mais perto, eles puderam ver que tinha a forma de uma mulher nua. Ela era completamente preta e tinha enormes asas de morcego. Ela brilhou, eles disseram, com uma estranha luz esverdeada.


10.  Batsquatch
  
Enquanto as florestas do estado de Washington são ditas sendo habitadas por gigantes bípedes peludos comumente chamados de Pé-Grande, há um relato de 1994 que parece indicar uma variedade alada desses monstros humanoides lendários. Quando o automóvel do jovem Brian Canfield quebrou numa remota estrada de montanha, uma noite, ele estava completamente aflito. Mas a verdadeira natureza de sua situação tomou um rumo dramático quando uma imponente criatura alada desceu do céu bem na frente dele. Brian mais tarde relatou aos oficiais que o ogro ostensivo era coberto de um pelo azulado e exibida uma cabeça parecida com a de um lobo, além de olhos amarelos. Felizmente para Brian, o visitante indesejado partiu tão rapidamente como havia chegado.


09.  O homem morcego da estrada de Biggs
  
humanoides voadores
O estado de Wisconsin, EUA, parece ser o último lugar que seria de esperar ouvir falar de estranhas criaturas humanóides subindo pelo ar. Mas, um pai e filho perto da cidade de Holmen, afirmaram que eles encontraram uma figura monstruosa, com asas de morcego em uma remota estrada numa noite do ano de 2006. À medida que a abominação batia bruscamente no pára-brisas de seu caminhão, os homens foram capazes de notar alguns detalhes enervantes, incluindo o fato de que o humanoide tinha uma boca cheia de dentes afiados, bem como uma caixa torácica saliente. Logo após o incidente, os dois homens tornaram-se violentamente doentes.


08.  Mothman
  
humanoides voadores, homem mariposa
Sem dúvidas, o rei de todos os humanoides voadores é o Mothman (homem mariposa),da Virginia do Oeste, não só porque tem havido mais de uma centena de avistamentos relatados, mas também devido à grande estranheza a partir do qual ele emergiu. As descrições permanecem consistentes, uma figura alta, cinza, sem cabeça, semelhante à uma figura humanoide que possui asas de morcego e enormes olhos vermelhos. O monstro parece gostar de perseguir os motoristas a velocidades próximas de cem milhas por hora, e seu aparecimento está ligado a um trágico colapso da ponte Silver Bridge de Point Pleasant que resultou em quarenta e seis mortes. Enquanto os relatórios têm diminuído significativamente desde a década de 1960, os moradores de vez em quando ainda sussurram o nome, que evoca imagens de maldições, luzes estranhas no céu, e visitas dos misteriosos homens de preto. Se você quer saber mais à respeito do Mothman, temos uma matéria completa falando mais sobre o assunto, clicando aqui.


07.  Owlman
  
humanoides voadores
A contraparte britânica do Mothman é o macabro Owlman (homem coruja) de Cornwall, Inglaterra, que tem sido visto com frequência nos bosques que cercam a Igreja Mawnan na costa sul da Inglaterra. Praticamente todas as testemunhas foram alunas jovens, que têm caracterizado o ser alado como tendo cerca de 1,5 metros de altura. Owlman é dito ser coberto de pêlo cinza ou penas e, aparentemente, mostra um rosto horrível, sem bico, com olhos gigantescos e uma larga carranca. Seus pés se assemelham com grande pinças de caranguejo, negras. Owlman foi observado pairando alto no ar ou, ocasionalmente, empoleirado nos ramos de árvores de grande porte.


06.  A bruxa de Guadalupe
  
humanoides voadores
No início de 2004, notícias saídas de Monterrey, México, alardeavam a história de um jovem policial chamado Leonardo Samaniego. O carro de patrulha de Leonardo aparentemente havia sido atacado por um humanóide que ele descreveu como uma bruxa voadora que estava adornada em uma túnica preta com capuz. A criatura hedionda de pele escura, tinha flutuado para fora de uma árvore, de acordo com Samaniego, e havia exibido garras afiadas, bem como grandes olhos negros sem pálpebras (BEK?). Sua aparência e comportamento eram tão chocantes que o pobre oficial perdeu a consciência até que outros trabalhadores de emergência responderam a sua chamada inicial de ajuda. No momento em que os outros tinham chegado ao local, a "bruja" estava longe de ser encontrada.


05.  Spring-Heeled Jack
  
humanoides voadores
Assim chamado por causa de sua aparente capacidade de pular violentamente pelo ar, Spring-Heeled Jack foi muito temido pelos moradores do subúrbio de Londres, durante a década de 1830. Uma figura diabólica, do tipo super-vilão, ele era geralmente descrito como sendo alto, magro, e envolto em um terno impermeável apertado, assim como trajando uma capa. Jack primeiro ganhou notoriedade quando começou a abordar mulheres jovens solitárias, rasgando suas roupas com garras afiadas enquanto ele cuspia nocivas chamas azuis em seus rostos. Até hoje, ninguém tem certeza da verdadeira identidade de Jack, nem de onde veio esse canalha notório. Se você quer saber mais sobre ele, temos uma matéria completa que você pode conferir clicando aqui.


04.  Homens-pássaro do Brasil
  
humanoides voadores
Pensava que o Brasil iria ficar de fora? No início de 1950, um casal estava passeando à noite perto de sua casa à beira-mar em Pelotas, Rio Grande do Sul. Quando duas sombras se moveram rapidamente cruzando o seu caminho, o que fez com que olhassem para cima, para notar o que eles no primeiro instante pensaram ser dois pássaros enormes voando a cerca de 30 metros acima do solo. Logo ficou evidente para o casal que não eram pássaros no final das contas, quando as duas criaturas voadoras desceram verticalmente e pousaram, não muito longe. Foi então que ficou claro que eles pareciam homens, de pé com cerca de 2 metros de altura. Assim que descobriram que estavam sendo observados pelo casal, os dois “homens-pássaro” agacharam perto do chão, como se estivessem tentando se esconder. A metade feminina do casal convenceu o marido a sair – e rapidamente.


03.  O visitante de Van Meter
  
humanoides voadores
Durante a primeira parte do século XX, a pequena cidade de Van Meter, Iowa, foi visitada por uma imponente criatura semelhante a uma gárgula, com asas enormes e um único chifre brilhante que brotava de sua testa. De acordo com artigos de jornais da época, vários cidadãos preocupados, atiraram com espingardas n monstro, que emitia um grito horripilante e deixou um cheiro sulfúrico em seu rastro. Foi visto pela última vez desaparecendo em uma mina abandonada, e trilhas de curiosos foram encontradas onde a coisa havia desaparecido.


02.  Batman do Texas
  
humanoides voadores
Em 18 de junho de 1953, em Houston, Texas, três pessoas foram desfrutar de uma noite quente de verão em sua varanda. A noite ficou incrivelmente estranha quando viram uma criatura alada pousar em uma árvore nas proximidades. Era, segundo eles, “a figura de um homem com asas de morcego. Ele estava vestido com  roupas apertadas cinzas ou pretas. Ficou lá por cerca de trinta segundos, balançando no galho da árvore de nozes.” Eles ainda o descreveram como vestindo uma capa e botas um quarto. Mais estranhamente, uma testemunha afirmou que ele estava envolto em um “halo de luz”.
Como podemos explicar estes avistamentos? Homens e mulheres voando com asas de morcego são difíceis de explicar. Mesmo os casos em que as pessoas parecem estar voando por meios mecânicos, estão totalmente fora de tempo, usando uma tecnologia ainda não inventada. Ou se tivesse sido inventada por esses “pilotos”, é totalmente desconhecida.


01.  O pássaro negro de Chernobyl
  
humanoides voadores, pássaro negro de chernobyl
Logo no inicio de abril de 1986, varias pessoas de dentro da Usina Nuclear de Chernobyl e também da área ao redor começaram a presenciar uma série de eventos envolvendo o avistamento de uma misteriosa criatura descrita como um grande e terrível homem mutante com asas negras e olhos vermelhos. As pessoas que presenciaram esse fenômeno sofreram com pesadelos, ameaças por telefone, e logo passaram a ser reconhecidas como os primeiros a avistarem a criatura que mais tarde receberia o nome de Pássaro Negro de Chernobyl.
O número de relatos envolvendo a aparição dessa criatura continuaram a aumentar até a manhã do dia 26 de abril de 1986, quando às 1:23 AM, o reator 4 da Usina Nuclear de Chernobyl sofreu uma catastrófica explosão de vapor que resultou em um incêndio que causou uma série de explosões seguidas por um derretimento nuclear. A usina expeliu uma nuvem radioativa que se espalhou por partes da União Soviética, Europa, Escandinávia e Reino Unido. Grandes áreas da Ucrânia, Bielorrússia e Rússia foram gravemente contaminadas, resultando na evacuação de mais de 336 mil pessoas. O Desastre de Chernobyl, como o incidente foi nomeado, é considerado o pior acidente da história em uma usina nuclear.
Seguindo o derretimento nuclear, e os incêndios e explosões subsequentes, helicópteros soviéticos foram despachados para o local com equipamentos especiais para lidar com o incêndio. Os helicópteros circularam a usina derrubando argila, areia e outros componentes químicos que pudessem extinguir as chamas que tomavam a instalação. Grande parte do incêndio foi extinto até as 5 AM, porém, o incêndio dentro do reator 4 continuou por várias horas. Os bombeiros que compareceram ao local não sabiam da real origem do incêndio, pensavam que foi apenas uma falha elétrica e acabaram recebendo altas doses de radiação, levando vários deles à morte.
Os trabalhadores que sobreviveram às explosões iniciais, e que mais tarde morreriam pela contaminação por radiação, disseram ter visto o que descreveram como um grande e monstruoso pássaro negro planando pelas nuvens formadas pela fumaça radioativa que saia do reator. Nenhum outro avistamento do Pássaro Negro de Chernobyl foi reportado depois do desastre, levando os pesquisadores apenas a especularem sobre o quê realmente foi avistado pelos trabalhadores da usina durante os dias que antecederam o desastre.
A teoria mais comumente aceita sugere que o Pássaro Negro de Chernobyl possa ter sido a mesma criatura vista em Point Pleasant, Virginia do Oeste, levando ao desastre da ponte Silver Bridge no dia 15 de dezembro de 1968. Investigadores dizem que a aparição da criatura é um presságio de desastres que vão ocorrer na área onde ela aparece. As descrições físicas do Pássaro negro de Chernobyl e do Homem Mariposa (Mothman) são muito similares, e os relatos de pesadelos, ameaças por telefone e desastres, são divididos por ambos os casos.







Compartilhe no Facebook Compartilhe no Tweeter Compartilhe no Google+ Inscreva-se no nosso Feed Voltar ao Início Image Map

Comente com o Facebook: