sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

3 Relatos de pacientes possuídos

possessão, hospital, demoníaca, demoônio, terror, medo, história terror
  Relatos de fenômenos paranormais, assombrações e afins, existem aos montes por aí, em todo tipo de lugar, e claro que os hospitais não ficariam de fora. No entanto, nesse post não iremos postar sobre fantasmas, mas sim sobre demônios. Nesse post estão 3 relatos reais de profissionais da saúde que testemunharam possessões e atividades demoníacas no seu local de trabalho. E você aí pensando que só haviam possuídos na igreja universal, não é?



03.  O cadáver possuído
  
possessão, hospital, demoníaca, demoônio, terror, medo, história terror

  Enfermeira(o)s lidam com a morte diariamente, por isso não é de se surpreender que muitos recorrem à religião como uma fonte de sabedoria e conforto. No entanto, encontros com forças demoníacas também podem influenciar a opinião da(o)s enfermeira(o)s sobre a batalha entre o bem e o mal. Em um relato arrepiante no AllNurses.com, uma enfermeira compartilha sua experiência com um paciente moribundo que era mais do que aparentava.

  De acordo com a enfermeira, o paciente sofria de uma variedade de doenças que poderiam mata-lo a qualquer momento. No entanto, o homem estava com medo da morte e enfureceu-se com as enfermeiras para que o mantivessem vivo.
"Toda vez que o seu monitor cardíaco bipava, ele começava uma gritaria raivosa, " Não me deixe morrer! Não me deixe morrer!", relatou a enfermeira. " Logo descobrimos por que ele não queria morrer."
  Se as histórias de alguns profissionais da saúde forem precisas; hospitais, asilos e outras instalações médicas também são palco de assombrações, particularmente as de variedade demoníaca.

  Uma noite, o paciente piorou, e a enfermeira correu para seu quarto, com suprimentos de emergência. No entanto, ela não estava preparada para o que ela encontrou.
"Este homem estava sentado - flutuando - cerca de um palmo acima da cama e estava rindo", a enfermeira relatou. "Toda a sua aparência havia mudado completamente. Seus olhos tinham um semblante de pura maldade e ele tinha um sorriso maligno em seu rosto. Ele riu de nós e disse: "Suas cadelas estúpidas, não vão me deixar morrer, vão?".
  Após essa explosão assustadora, o homem teve uma parada cardíaca e morreu 20 minutos depois. Porém, o terror estava longe de terminar. Cinco minutos depois de um médico ter declarado o paciente morto, o homem recém-falecido sentou-se na cama e começou a rir, dizendo: "Você o deixou morrer. Que péssimo."  O que aconteceu em seguida soa como algo saído de um filme de terror.
"Nós ouvimos um horrível grito agonizante e, em seguida, pudemos ouvir: 'não me deixe morrer' como um sussurro fantasmagórico que podia ser ouvido por toda a unidade", relata a enfermeira. "Cada uma das enfermeiras naquela noite estava pálida e assustada. Ninguém ia a lugar algum sozinho. Pela manhã, os sussurros de 'não me deixe morrer' se foram."



02.  A Sombra Demoníaca
  
possessão, hospital, demoníaca, demoônio, terror, medo, história terror

  Outro relato, também do AllNurses.com, descreve a visão aterradora de um paciente, apenas alguns minutos antes de sua morte.
"Foi-lhe dado uma paciente que estava morrendo, e estava inconsciente por vários dias," uma enfermeira escreveu sobre sua amiga que trabalhava em uma unidade de oncologia. "Em um ponto durante a noite, a enfermeira entrou no quarto e viu que a paciente estava em cima da cabeceira do leito, ela olhou para a enfermeira e disse: 'Não deixe que me levem.' A enfermeira ficou assustada e perguntou para a paciente quem que estava querendo levá-la, e ela disse 'Aquela coisa preta lá em cima' e apontou para o alto. A enfermeira quase morreu de susto com a figura sombria no teto (quase). Já a paciente, morreu em poucos minutos após isso."



01.  O número da besta
  
possessão, hospital, demoníaca, demoônio, terror, medo, história terror

  Enfermeira(o)s não são os únicos profissionais da saúde que encontraram forças sinistras no trabalho. Um paramédico em EMTCity.com compartilhou sua experiência à respeito de um paciente terminal e um número que muitos chamam de "a marca da besta".

  Como o homem do primeiro relato, o paciente do paramédico estava muito agitado, e ele parecia temer a sua morte iminente.
"Nós chegamos lá e estava esse pobre homem, na casa dos 40 anos, careca por causa da quimioterapia. Estava sentado no sofá, no colo de seu irmão" o paramédico relatou. "Ele só ficava dizendo, 'Ooh. Não. Não. Oooh'. E olhando ao redor da sala, estremecendo a cada momento e, em seguida, abanando como se estivesse afastando moscas. Nos pegamos ele para deitar na maca, e ele disse: 'Não, não agora.'"
  O homem, infelizmente, caiu no chão, alguns minutos depois, e morreu com lágrimas em seu rosto. Enquanto o paramédico levava o corpo do homem para a sala de emergência, ele se perguntava sobre o destino pós-morte do paciente. Foi quando as coisas começaram a ficar estranhas.
"Enquanto eu me perguntava se o homem iria para o céu, eu tive um mau pressentimento, como se a escuridão estivesse rastejando ao redor de nós", escreveu o médico. "Aconteceu de eu olhar para o voltímetro e ver o número 666 piscando. Este painel normalmente não pisca, ele apenas lê tensão. Foi 666, em seguida, 0.1, então 666, então 0.1, então 666, então 0.1, e em seguida, ele voltou até 1200 e estabilizou. A sensação desagradável foi embora, mas eu ainda rezava todo o caminho para o hospital."

  Para aqueles não estão familiarizados com o significado de 666, muitos cristãos associam o número com o mal devido a uma passagem do Apocalipse. Na nova versão internacional da Bíblia, o Apocalipse 13:15-18 diz:

Foi-lhe dado poder para dar fôlego à imagem da primeira besta, de modo que ela podia falar e fazer que fossem mortos todos os que se recusassem a adorar a imagem. Também obrigou todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e escravos, a receberem certa marca na mão direita ou na testa, ara que ninguém pudesse comprar nem vender, a não ser quem tivesse a marca, que é o nome da besta ou o número do seu nome.
Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento calcule o número da besta, pois é número de homem. Seu número é seiscentos e sessenta e seis.



Entidades demoníacas atacam as almas dos seres humanos? Muitas religiões ensinam que os maus espíritos são um risco real para os fiéis e infiéis . O que você acha ?





Compartilhe no Facebook Compartilhe no Tweeter Compartilhe no Google+ Inscreva-se no nosso Feed Voltar ao Início Image Map

Comente com o Facebook: