quarta-feira, 6 de novembro de 2013

10 Fotos de linchamentos

   O linchamento é o reflexo de uma oposição extrema e instintiva do ser humano. Não existem intervenções jurídicas,de direitos,etc. Essa prática teve início - ou melhor, reconhecimento - a partir de conflitos entre europeus e outras etnias,e muitas vezes serviam como desculpa para motivos econômicos. Até hoje essa prática ainda é usada em vários países. A diferença, é que passou a se desenvolver em outras classes sociais (sem questões racistas, na maioria dos casos). Antigamente era usada pelos conservadores e a elite. Hoje,é bem mais comum entre os mais pobres em casos de crimes graves.



10.  Sam Dugan
   02/12/1868 Colorado, EUA.
foto linchamento, fotos de linchamento, morte, forca, gore

  Sam Dugan  foi enforcado por vigilantes em Denver depois de alguns dias fugindo e implorando para não ser morto. Fotografado sob a  luz da manhã por Arundel C. Hull,dia 2 de dezembro de 1868. Sandford Dougan, foi linchado por uma multidão depois de ser acusado de assassinato, em Denver, Colorado,além de roubos.Uma queda de aproximadamente 18 centímetros foi o suficiente para quebrar seu pescoço.A foto mostra seu chapéu no chão,algemas, uma corda e um pequeno machado preso no tronco da árvore.



09.  John Wesley Heath
   22/02/1884 Arizona, EUA.
foto linchamento, fotos de linchamento, morte, forca, gore   John Wesley Heath nasceu em 15 de dezembro de 1844 em Ohio, mas mudou-se para Terrell, Texas, com sua família em uma idade ainda jovem. Lá, ele se envolveu em roubos e assaltos. Ele também se casou duas vezes, primeiro com Mary Ann Redman em outubro de 1867. O que aconteceu com ela permaneceu desconhecido. Depois casou-se novamente em março de 1869, e era conhecido por ter tido três filhos - Myrtle, Kittie e John.
  No início de 1880, ele estava vivendo no Arizona, onde serviu como um vice-xerife por um breve tempo.No entanto, ele logo descobriu que o salário não era tão bom quanto o do roubo, pediu demissão e voltou para os seus caminhos fora da lei. Vivendo em Bisbee, Arizona,Heath abriu um salão de dança que,rapidamente,se tornou conhecido como um ponto de encontro de bandidos da área e outras personalidades de má índole.
  Em 8 de dezembro de 1883, cinco homens roubaram uma  loja em Bisbee, deixando quatro mortos, incluindo uma mulher grávida.
  Depois de várias semanas, todos os suspeitos foram capturados e Heath finalmente confessou que ele era o mentor do assalto à mão armada. Ele insistiu, no entanto, que os assassinatos nunca tinham sido parte do plano e que ele não era o responsável pelas ações dos outros homens. Seu júri aparentemente concordou com ele,e acabou condenando-o por assassinato de segundo grau,sendo condenado a prisão.Mas a pena de Heath só ajudou inflamar a ira do povo de ambas as regiões de Bisbee e Tombstone.
  Na manhã de 22 de fevereiro de 1884.Um grupo de vigilantes invadiram a cadeia de Tombstone e arrastaram Heath até algumas esquinas. Heath foi linchado a partir de um poste nas proximidades, resultando na conclusão de um  crime hediondo e da criação de uma das imagens mais marcantes da história criminal.
  De acordo com uma lenda, o túmulo de Heath no famoso Boot Hill Cemetery está vazia e, presumivelmente, o marcador foi erguido simplesmente para lembrar os visitantes do crime infame com o qual ele estava conectado. De acordo com registros contemporâneos, o corpo de Heath foi transportado para o Texas e enterrado por sua família em uma cova sem marcação na pequena cidade de Oakland.



08.  Leo Frank
   17/08/1915 Georgia, EUA.
foto linchamento, fotos de linchamento, morte, forca, gore  Leo Frank era um judeu que tinha uma fábrica de lápis em Atlanta com seu tio.Uma jovem menina de 13 anos, Maria Phagan, que trabalhava em sua fábrica,foi brutalmente assassinada e Frank foi acusado, embora muitos suspeitaram que o trabalhador negro de manutenção,Jim Conley,fosse o verdadeiro culpado do crime. O julgamento foi um espetáculo e culminou de grande parte nos conflitos culturais do velho sul. Por mais que alguns dos litigantes tentavam evitar o preconceito, para muitos,no momento Leo foi condenado porque ele era judeu.Comentários anti-semitas cercaram o julgamento,dizendo que eles estavam praticamente ausentes na sala do tribunal.
  Houve uma celebração nas ruas,quando Frank foi condenado, e transformou-se em tumultos quando Slaton comutou a sentença. O exército tinha que proteger a mansão do governador. O governador teve que mudar Frank para uma prisão em Milledgeville por sua segurança,mas depois de uma tentativa frustrada de cortar sua garganta, ele foi seqüestrado e levado ao linchamento.
  Foi um raro exemplo de  linchamento praticado contra um  homem branco.A tragédia de ambos,Mary Phagan e Frank Leo,foi uma mancha na história da Geórgia,mas anunciou mudanças e melhorias significativas no sistema de justiça criminal.





07.  Lige Daniels
   03/08/1920 Texas, EUA.
foto linchamento, fotos de linchamento, morte, forca, gore   Esta é uma fotografia de um cartão postal. Era bastante comum  fotos de linchamentos serem transformadas em cartões (exclusivamente negros), evidenciando um grande impacto entre as relações raciais nos EUA.Uma grande multidão de pessoas se reuniam para praticar tal ato, desde homens adultos até crianças.A maioria dos mortos eram negros.As práticas de linchamentos eram variadas,mas todas tinham em comum o ódio racial.
  No verso deste cartão postal dizia: '"Ele matou a avó de Earl. Ela era mãe de Florence. Dê isto a Bud. Tia Myrtle".
  Lige Daniels foi um garoto negro de 16 anos linchado no Texas,dia 3 de agosto acusado de ter matado uma idosa (branca).Na fotografia acima,seu pescoço estava inclinado para trás de um modo que sua cabeça fez um ângulo grotesco em seu corpo.Seu cadáver veste uma camisa branca,calça jeans amarrotada e seus pés aparecem descalços.
  Abaixo de Daniels,estavam os membros que participaram de seu linchamento. Muitos olham diretamente para a câmera. Um deles, um menino que não pode ter mais do que 11 ou 12 anos de idade, tem a cabeça inclinada ligeiramente para a esquerda. Ele veste uma camisa com as mangas arregaçadas até os cotovelos, sua gravata larga no pescoço e seu sorriso,realçam um semblante de ''palhaçada''.
  A imagem terrível da morte de Daniels em consequência da violência da multidão branca,veio em uma época em que os ancestrais de muitos afro-americanos já estavam no país,aproveitando os benefícios e privilégios de viver em uma terra livre*.


* A escravidão foi abolida nos EUA por volta de 1863, logo até a data da morte de Daniels (1920), passaram-se apenas 57 anos, ou seja, é como se equivalesse algumas semanas atrás.



06.  Thomas Thurmond e John Holmes
    26/11/1933 Califórnia, EUA.
foto linchamento, fotos de linchamento, morte, forca, gore

  Milhares de pessoas em San José, Califórnia, invadiram a cadeia onde Thomas Thurmond e John Holmes estavam detidos como suspeitos do sequestro e assassinato de Brooke Hart, o filho de 22 anos de um lojista local. A multidão revoltada começou a linchar os acusados ​​e depois fotografá-los.
  Depois que o corpo de Hart foi enterrado, em 25 de novembro, uma multidão começou a se formar contra os dois acusados. Os jornais noticiaram a possibilidade de transmitirem em uma rádio o  linchamento. Em 26 de novembro, a multidão enfurecida invadiu a cadeia,bateram nos guardas,e usaram um aríete para quebrar as células.
  Thurmond e Holmes foram arrastados para fora e enforcados em árvores de grande porte em um parque nas proximidades.O público parecia acolher o ato horrível de violência. Após o incidente, os pedaços de cordas do linchamento foram vendidas para o público.



05.  Tom Shipp, Abe Smith e James Cameron
   07/08/1930 Marion, Indiana, EUA.
foto linchamento, fotos de linchamento, morte, forca, gore

  Em uma noite quente de agosto, em 1930, uma multidão se reuniu na frente de uma prisão em Indiana. Homens, mulheres e crianças gritaram e zombaram,exigindo que o xerife lançasse seus três prisioneiros.
 Três adolescentes afro-americanos Tom Shipp, Abe Smith e James Cameron (este último não aparece nesta fotografia acima), foram  acusados do assassinato de um homem branco e do estupro de uma mulher branca. Algumas dentre as milhares de pessoas na frente da prisão formaram uma multidão. Eles bateram nas portas,tiraram os três jovens de suas células,brutalmente acabaram vencendo-os e os arrastaram para uma árvore na praça do tribunal.  No último minuto, a multidão poupou Cameron, o mais novo do trio. Smith e Shipp morreram.Com cordas de linchamento em torno de seus pescoços, seus corpos foram pendurados.Foi uma das fotos mais famosas de linchamentos na história americana,embora não tenha um forte antagonismo racial. No entanto, a tragédia em Marion, como muitos linchamentos do Sul, foi um linchamento espetáculo,ou seja,a multidão não se contentou em apenas matar suas vítimas na cadeia ou  levá-las para um local isolado,eles escolheram a praça do tribunal, pois era o centro cívico e geográfico da cidade.
  A multidão deliberadamente realizou seus dramas no ''palco'',usando as cordas de linchamento como seus adereços centrais.Eles diziam que os corpos deveriam ficar durante a noite e gritavam em forma de mensagem para todos os negros que pisassem fora da linha.
  Muito tempo depois,o xerife finalmente cortou as cordas de linchamento, a fotografia permaneceu: a metade superior, com sua brutalidade vívida; a metade inferior mostrando americanos comuns sem tristeza ou vergonha.



04.  Laura Nelson
   25/05/1911 Oklahoma, EUA.
foto linchamento, fotos de linchamento, morte, forca, gore  Esta fotografia representa o linchamento de Laura Nelson,uma afro-americana morta em 25 de maio de 1911 em Okemah, Oklahoma. ''Para muitos negros, Oklahoma era um destino de esperança, onde poderiam prosperar sem as leis racistas dos estados do sul  e a repressão.O que era para ser uma terra prometida provou ser uma grande desilusão.''
  Laura,o marido Lawrence, o filho mais velho e seu bebê (segundo relatos), foram levados sob custódia depois de um tiro fatal ter matado George Loney, vice-xerife de Okemah,devido uma investigação do roubo de uma vaca na propriedade deles.
  Três semanas depois, antes de cumprirem a pena,uma multidão de 40 homens brancos armados chegaram para raptá-los, amarrando-os e arrastando a mãe e o filho. Laura foi estuprada, segundo alguns relatos, em seguida, ambos foram enforcados em uma ponte sobre um rio. Centenas de turistas se reuniram na ponte na manhã seguinte, e fotografaram  os corpos pendurados para depois vender como cartões postais (como já dito, algo comum na época, pois simbolizava supremacia).








03.  Bennie Simmons
   13/06/1913 Oklahoma, EUA.
foto linchamento, fotos de linchamento, morte, forca, gore

  O linchamento de Bennie Simmons,embalsamado em óleo de carvão antes de ser incendiado em 13 junho de 1913.
  Bennie Simmons, (Dennis Simmons), foi acusado de assassinato numa Igreja. Enquanto estava sob custódia de guardas em uma prisão em Anadarko,Oklahoma, uma multidão se apoderou dele e o levou para uma ponte próxima. Ele foi  pendurado em um galho de  árvore.Seu corpo foi mergulhado em óleo e depois incendiado.

Um jornal local dizia:
"O negro rezava e gritava em agonia enquanto as chamas atingiam sua carne, mas seus gritos foram abafados por gritos e vaias da multidão." 
  Como Simmons começou a perder sua consciência, a multidão disparou contra ele, cortando seu corpo em pedaços.








02.  Jesse Washington
   Maio/1916 Texas, EUA.
foto linchamento, fotos de linchamento, morte, forca, gore
  Jesse Washington carbonizado.Estava pendurado em um poste em Robinson, Texas, em maio de 1916.Fotografado por Gildersleeve Fred. Esta foto apareceu em jornais e em cartões postais que foram distribuídos por todo o mundo.

  Linchadores muitas vezes desfilavam com suas vítimas pelas ruas principais,por meio de bairros negros, e na frente de "escolas de cor".
  Jesse Washington, 17 anos de idade, era o principal suspeito no assassinato de Lucy Fryer de Robinson (dia 08 de maio de 1916 no Texas) na fazenda onde ele trabalhou como operário. Após o linchamento, o cadáver de Washington foi colocado em um grande saco e arrastado  através das principais ruas de Waco, a sete quilômetros de Robinson,onde uma grande população negra residia.
  Seu cadáver carbonizado foi pendurado para exibição pública em frente a uma loja de ferragens.



01.  William Brown
   28/09/1919 Texas, EUA
foto linchamento, fotos de linchamento, morte, forca, gore
William Brown foi enforcado,mutilado,seu corpo foi devastado por balas e depois queimado.Fotógrafo desconhecido.

  As tensões raciais estavam ao extremo em Omaha, Nebraska, os afro-americanos do sul e uma epidemia de crimes, criou-se uma atmosfera de desconfiança e medo que, consequentemente, levou ao linchamento de William Brown.
  Brown foi acusado de agredir uma mulher branca. Quando a polícia o prendeu em 28 de setembro 1919, uma multidão formou-se rapidamente ignorando as ordens das autoridades.
  Quando o prefeito, Edward P. Smith, apareceu para implorar por calma, ele foi seqüestrado por uma máfia, pendurado a um poste e quase morto,por sorte a  polícia o salvou.
  A multidão conseguiu capturar Brown. Ele foi pendurado em um poste de luz, mutilado  e seu corpo crivado de balas, em seguida,o queimaram.Quatro pessoas foram mortas e 50 foram feridas antes das tropas restaurarem a ordem.
  Entre 1919 e 1922, as estatísticas mostram que outros 239 afro-americanos foram linchados. O que é desconhecido é o número de negros  mortos por atos individuais de violência e não registros de linchamentos. Ninguém jamais foi punido por esses crimes.

fonte:menezesciencia






Compartilhe no Facebook Compartilhe no Tweeter Compartilhe no Google+ Inscreva-se no nosso Feed Voltar ao Início Image Map

Comente com o Facebook: