terça-feira, 3 de setembro de 2013

Shadow People. Quando os seres das sombras atacam

shadow people, shadow folk, pessoas das sombras, pessoas sombra, fantasmas, outra dimensão
  Os “shadow people”, também conhecidos como pessoas ou seres das sombras, são entidades de formato humanoide que são vistas nas paredes ou no teto das casas em forma de sombra. Em muitos relatos eles são vistos em movimentos bruscos e rápidos, e somem num piscar de olhos. Algumas pessoas acreditam que eles são anjos, fantasmas ou habitantes extra-dimensionais vindos de outro universo ou realidade. Conheça a história de um homem que desde a sua infância teve contato com essas figuras misteriosas.


  O primeiro pensamento que passou pela mente de cinco anos de idade de Steven Paynter, foi que alguém havia arrombado a casa em Bury, Greater Manchester, Inglaterra. "Por volta de 1986, minha mãe me levou aos arredores da propriedade, para a casa da sua amiga", disse Paynter. "Eu acreditava que ela tinha sido assaltada porque sua cozinha - toda a sua cozinha - estava coberta por grandes impressões de mãos negras. Quase como animais. "
  Ele não disse nada sobre as óbvias impressões de mãos negras, não até anos mais tarde. "Eu mencionei o incidente para a minha mãe, o que eu vi. Ela olhou para mim e disse: "não havia nada na parede, Steven." "Ele não sabia o que poderia ser isso. As marcas estavam lá, e a amiga de sua mãe disse que viu as sombras e a imagem de rostos escuros nas paredes. Sua mãe era imune. "Não havia nada na parede de seu ponto de vista."
  A partir desse ponto, as imagens escuras começaram a perseguir Paynter. As marcas parecidas como as de animais, que ele viu quando ele tinha cinco anos se transformaram em entidades. "Eu vi uma massa preta grande com os olhos vermelhos sempre à minha porta", disse ele. "O homem do chapéu sempre em segundo plano, e as típicas pessoas da sombra, assim como nossas sombras em um dia ensolarado."
  Estas "típicas" pessoas das sombras se tornaram tão comuns para Paynter, que ele lhes deu um apelido, "Joeys". Ele vê esses "Joeys" principalmente em seus sonhos, e seus sonhos são violentos.
"Depois disso, toda vez que eu encontrei com esses seres, eu estava em um estado de desprendimento corporal e era capaz de ver o meu corpo na cama", disse ele. "Eu sempre fui perseguido. Eles bloquearam as minhas portas e tentaram me arranhar ou fazer contato físico comigo. "
  Os médicos disseram à Paynter que esses sonhos são causados por um distúrbio do sono, mas ele sabe que não é. Quando estas entidades aparecem para Paynter, o quarto parece zumbir iagual eletricidade, e ele sabe que algo está lá.
"As situações são como uma experiência fora do corpo", disse ele. "Eu posso me ver na cama." Aos dezesseis anos, ele sonhou que estava do lado de fora sendo perseguido através de seu jardim, e dentro da casa, e em sua cama, aquilo começou a envolve-lo. "Eu acordei, mas eu não podia me mover. Eu senti como se tivesse acabado de correr a Maratona de Londres. Eu tive uma cãibra na minha perna esquerda ".

shadow people, pessoas sombra, pessoas da sombra, paranormal, medo, terror, entidades, fantasma, sombrar, horror

  Mais recentemente, ele descobriu marcas físicas. "Eu acordei normalmente, sentindo como se eu tivesse ficado ativo durante toda a noite. Músculos tensos, dores, mesmo os meus dedos doíam", disse ele. . "Em duas ocasiões tive pequenos arranhões do meu lado, o meu lado direito, sempre depois de um encontro" Durante esses encontros, os seus "Joeys" são os que se aproximam dele, o homem do chapéu simplesmente fica em segundo plano, observando.
  Nenhum desses encontros, no entanto, era igual ao que Paynter chama de "ataque".
"Foi cerca de três anos atrás, eu fui para a cama como sempre faço e ouvi o 'zumbido pré-ataque' de sempre, e então eu adormeci", disse ele. A próxima coisa que ele percebeu, era que estava ao lado de sua cama, olhando para o seu corpo deitado ao lado de sua então namorada, seus olhos estavam abertos. "Eu percebi imediatamente o que estava acontecendo e tentei acordar. Entrei em pânico porque eu nunca me vi assim e pensei que estava morrendo ".
  O corpo astral de Paynter se virou e viu três entidades das sombras em seu quarto, dois "Joeys" e o Homem do Chapéu. "Agora eu estava confuso e com medo mais do que o habitual." Uma das entidades sombra avançou em Paynter, o outro estendeu a mão para arranhá-lo. Como de costume, durante este estado de sonho, os movimentos de Paynter eram lentos, como se estivesse se movendo sob a água, mas Paynter no entanto, um instrutor de jiu-jitsu, lutou com estas entidades.
"Eu nunca havia feito isso antes, mas eu fui para eles e eles não ofereceram nenhuma resistência", disse ele. Paynter lutou com as pessoas da sombra, dando socos e eles recuaram para trás do Homem do Chapéu. "Eu, então, virei-me e, pela primeira vez eu vi uma linha, uma linha prateada, como uma cauda saindo de minhas costas, então eu acordei todo molhado, e com o coração batendo muito rápido." Ele ainda podia sentir a presença das pessoas sombra no quarto, mas ele não podia mais vê-los.
  Os dedos de Paynter estavam doloridos do ataque. Quando ele olhou para o rosto no espelho, o lado esquerdo tinha uma marca de bofetada.

shadow people, pessoas sombra, pessoas da sombra, paranormal, medo, terror, entidades, fantasma, sombrar, horror

  Desde o ataque, os encontros, que ocorrem a cada duas semanas, mudaram. "Após a luta, tudo que eles fazem agora é círcular-me", disse ele. "Assim como se você ou eu olhássemos para um objeto que nunca tivéssemos visto antes."
  Paynter não pode aceitar o fato de que esses encontros não são reais. "Disseram-me que é o meu cérebro", disse ele. "A ciência diz-me que é uma falha comigo, mas meu coração me diz que não é, e eu não sei como ou o que diabos está acontecendo. Estou com 31 anos agora, e eu sei que estou preso á isso, mas eu gostaria de uma resposta. "
  Recentemente, ele recebeu uma. Ao falar com uma ex-namorada que ele ainda tem contato, ela disse-lhe estes encontros não são tudo coisa de sua cabeça. "Alguns anos atrás, eu estava no hospital com uma infecção por bactérias e estava muito doente", disse ele. "Ela me disse algo que ela nunca mencionou antes, então esta é a primeira vez que eu ouvi falar."
  Na noite anterior ela levou Paynter para o hospital, ele estava deitado na cama, suando, com febre. Paynter começou a respirar pesadamente e ela inclinou-se para acordá-lo, mas quando o fez, ela viu algo que não esperava. "Ela viu pelo canto do olho um grande homem, uma sombra." Ela piscou, mas o homem sombra ainda estava lá. Ela piscou novamente e ele foi embora.
  Paynter acordou e disse: "Ele assustou você? Não pode parar mesmo enquanto eu estou doente." Devido à febre alta, Paynter não se lembra daquela noite, mas esse incidente convenceu sua namorada de que suas histórias de ataques de homens sombra eram reais. "Depois daquilo eu nunca mais acreditei no que o médico disse à você", ela disse a ele. E ela sempre mantinha a luz acesa.





Compartilhe no Facebook Compartilhe no Tweeter Compartilhe no Google+ Inscreva-se no nosso Feed Voltar ao Início Image Map

Comente com o Facebook: