sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Giro 33 #6




Casal é flagrado fazendo sexo dentro de trem em Taiwan
Homem de 50 anos e mulher de 40 foram fotografados por passageiros.Condutor foi notificado e polícia prendeu o homem.

Casal foi flagrado durante ato sexual dentro de trem de passageiros em Taiwan (Foto: Reprodução/Imgur/applefreak111)

  Passageiros de um trem em Taipei, em Taiwan, ficaram chocados ao flagrar um senhor de 50 anos e uma mulher de 40 anos fazendo sexo durante a viagem, sem qualquer tipo de cuidado para esconder o ato.
  De acordo com o site de notícias “HotNewsLA”, a dupla começou a fazer sexo no trem número 604, o que fez com que diversas pessoas que estavam no mesmo vagão tirassem fotos do ato, enquanto passageiros reagiam chocados ao ato.
  O condutor da composição foi notificado e, baseado nas imagens e depoimentos dos outros passageiros, o homem foi preso e levado pela polícia assim que chegou à estação Taitung.
  Não há informações sobre as penas estipuladas à dupla.


Casal é filmado fazendo sexo em canal em cidade na Holanda
Imagens mostram a dupla bem à vontade.
Cena ocorreu na cidade de Delft, a 18 km de Roterdã.
Casal foi filmado fazendo sexo dentro de um canal na cidade holandesa de Delft  (Foto: Reprodução/Regio15)
 Após o ato, homem permaneceu nu e ainda ajudou a parceira a sair do canal (Foto: Reprodução/Regio15) 
 Um casal foi filmado fazendo sexo em um canal na cidade holandesa de Delft, que fica a 18 km de Roterdã. As imagens mostram a dupla bem à vontade. Após o ato, o homem permaneceu nu e ainda ajudou a parceira a sair do canal.



Casal é preso nos EUA após invadir hotel abandonado para fazer sexo
Caso ocorreu em Fort Lauderdale, no estado da Flórida.
Alan Harrold e Crystal Potter foram acusados de invasão.


Alan Harrold, de 37 anos, e Crystal Potter, de 33, foram acusados de invasão (Foto: Broward Sheriff's Office/Divulgação)
Um casal foi preso em Fort Lauderdale, no estado da Flórida (EUA), após invadir na semana passada um hotel abandonado para fazer sexo.
Alan Harrold, de 37 anos, e Crystal Potter, de 33, foram acusados de invasão.  Eles também foram indiciados por exposição indecente.
O casal foi levado para a cadeia do condado de Broward.




Funcionários pintam faixa de rodovia por cima de furão morto na Escócia  
Operários não removeram animal da via, que já estava morto.
'Não sei se foi preguiça ou monotonia', disse homem que encontrou o bicho.
Animal, que já estava morto, ainda ganhou uma cobertura de tinta branca, feita pelos funcionários que trabalhavam na demarcação da rodovia (Foto: Dave Donaldson/Caters News)

  Um furão selvagem (também chamado de “tourão”), que já havia sido atropelado em uma rodovia em Shetland Islands, na Escócia, não foi perdoado por funcionários que faziam a demarcação das faixas da via e acabou sendo pintado com a tinta jogada pela máquina.
  De acordo com o jornal “Daily Mail”, os funcionários nem se importaram em remover o animal morto da rodovia, e acabaram pintando o pobre bicho. Ross Maclennan, de 43 anos, que trabalha em um porto, foi quem viu o animal estirado na via.
  “Certamente eles poderiam ter tirado ele em vez de passar a marcação branca por cima. Não sei se foi preguiça ou resultado da monotonia de desenhar centenas de quilômetros de faixas brancas, fazendo com que não prestassem atenção”, declarou o homem.



Médico desenha bigode em paciente inconsciente e posta no Facebook
Médico desenha bigode em paciente inconsciente e posta no Facebook

  Uma paciente norte-americana abriu um processo contra um hospital da Califórnia, nos Estados Unidos, depois de descobrir que um anestesista desenhou um bigode nela enquanto estava inconsciente aguardando cirurgia. A brincadeira foi fotografada com um celular e, segundo testemunhas, a imagem teria sido publicada no Facebook.
  Segundo informações, Veronica Valdez, 36, realizou uma cirurgia em um dedo no Torrance Memorial Medical Center em outubro de 2011. Enquanto estava inconsciente, o anestesista Patrick Young usou esparadrapos para deixá-la com um bigode falso e ainda criou lágrimas de mentira abaixo de seu olho esquerdo.
  Uma enfermeira então teria usado um celular para tirar uma foto de Veronica e comentado que a paciente “parecia membro de uma gangue de rua”. Veronica também era funcionária do hospital, no qual trabalhou na área de suprimentos por 13 anos, e era amiga do anestesista e da equipe que realizou o procedimento cirúrgico.
  Durante audiência do processo, Yang admitiu ter feito a brincadeira e disse ter pensado que Veronica iria achar graça e gostar daquilo. O anestesista alega que a foto foi apagada pela enfermeira logo após ser tirada, mas testemunhas ouvidas no caso dizem ter visto imagens da brincadeira postadas no Facebook.
  O julgamento do caso deve ocorrer em janeiro de 2014. Yang continua trabalhando no hospital; a instituição considerou o ato como “falta de profissionalismo”, mas não o demitiu.





Compartilhe no Facebook Compartilhe no Tweeter Compartilhe no Google+ Inscreva-se no nosso Feed Voltar ao Início Image Map

Comente com o Facebook: