sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Giro 33 #2





A China agora está falsificando até Leões
Zoológico chinês 'disfarça' cães como leões africanos
   Um zoológico causou uma grande polêmica na China após ser alvo de muitas denúncias de "falsifidade" ao apresentar cães 'disfarçados' como supostos leões e ratos como répteis exóticos, informou nesta quinta-feira (15) a imprensa local. O complexo cobrava US$ 2,45 por pessoa para que elas pudessem ver os bichos. Assista ao vídeo.
   O zoo, situado na cidade de Luohe, na província central de Henan, tinha como sua principal atração os leões africanos, mas que, na verdade, eram mastins tibetanos.
"O zoológico está nos enganando. Está tentando mostrar cachorros como leões", denunciou uma visitante que, ao levar seu filho de 6 anos, ficou extremamente irritada ao comprovar que os supostos leões 'latiam'.
   Um empregado explicou que os leões tinham sido enviados para outro zoológico para procriar, enquanto outro se desculpou pela presença dos cachorros e ressaltou que os cães eram criados junto aos felinos.
   A Comissão de Desenvolvimento e Reforma de Luohe informou que o zoo, situado no Parque do Povo, nunca teve licença para funcionar, e, muito menos, cobrar pela entrada.
   O administrador do parque, Yu Hua, indicou que o zoológico está sendo administrado por uma empresa privada que só ganhava o suficiente para cobrir os salários de seus empregados, e prometeu 'corrigir' os letreiros das jaulas.
   Em 2010, o Ministério da Habitação e Desenvolvimento Rural e Urbano emitiu um documento proibindo a operação privada de zoológicos, embora não tenha especificado as penas para aqueles que infringirem a norma.


Mulher sonâmbula dirige por quilômetros na Nova Zelândia
Caso ocorreu na cidade de Hamilton, na Ilha Norte. "Quando ela acordou, não lembrava de nada", disse policial.

   Uma mulher em estado de sonambulismo dirigiu por quilômetros e enviou várias mensagens de texto de seu
celular na Nova Zelândia, informou nesta quarta-feira a imprensa local.
   A ligação de um amigo alertou a polícia de que a mulher havia tomado soníferos e saído dirigindo de sua casa na cidade de Hamilton, na Ilha Norte, segundo o chefe local da polícia, Dave Litton, ao grupo midiático "Fairfax".
   Quando foi encontrada, em frente a sua antiga casa de praia em Mount Maunganui, a mulher, que sofre de um transtorno do sono e que há dez meses já dirigiu sonâmbula por vários quilômetros, disse que não lembrava de nada.
"Seu primo a encontrou dormindo, deitada sobre o volante", disse o policial. "Quando ela acordou, não lembrava de nada do que aconteceu à noite, portanto pedimos uma ordem urgente que a proíba de dirigir para que receba tratamento médico e então volte a ter permissão para conduzir", acrescentou o policial.
   Os agentes seguiram o carro após localizá-lo através do celular da mulher, que enviou várias mensagens durante o trajeto de quase cinco horas em que percorreu cerca de 300 quilômetros.
"Embora seja um alívio que ela tenha sido encontrada bem, a probabilidade de haver uma tragédia era enorme", disse Litton. "Pedimos às pessoas que tomam remédios que sejam honestas com seus médicos e peçam conselhos se a medicação afetar sua capacidade de dirigir", concluiu o agente.



Mãe é presa por morder seio da filha após briga 

Uma mulher da Flórida, nos Estados Unidos, foi presa após morder o seio da sua filha de 16 anos durante uma briga de família, de acordo com o relatório policial.

  Segundo os investigadores, Joy Young, 38 anos, estava discutindo com sua filha Diamond LaCrystal Simmons quando a disputa se tornou violenta.
  Simmons disse à polícia que estava discutindo com sua mãe “sobre a jovem ter uma assistente social para cuidar do bebê recém-nascido dela”.
  O bebê de Simmons, de dois meses, estava dormindo na cama, enquanto sua mãe e sua avó lutaram, de acordo com um relatório do Escritório de Indian River County Sheriff.
  Simmons afirmou que sua mãe arranhou ela várias vezes no rosto, e, em seguida, “mordeu o seu peito direito, na área do mamilo, fazendo com que a pele rasgasse e também sangrasse”.
Um policial que atendeu a ocorrência na casa da família informou que Simmons tinha arranhões visíveis no rosto e “também tinha uma grande mancha de sangue em sua camisa”.
  A mãe disse à polícia que ela discutiu com sua filha porque “Diamond nunca está em casa e ela sempre tem que cuidar o bebê”.
  Acusada de abuso de crianças, Young foi levada para a cadeia do condado. No dia 20 de agosto está programada uma acusação no Tribunal de Circuito.




Americano é preso acusado de fazer sexo com gato
Caso ocorreu na cidade de Boise, no estado de Idaho. O suspeito manteve atos sexuais com o felino em várias ocasiões.

   O americano Ryan Tannenholz, de 28 anos, foi preso em Boise, no estado de Idaho (EUA), acusado de fazer sexo com um gato.
   De acordo com a polícia de Boise, Tannenholz manteve atos sexuais com o felino em várias ocasiões entre janeiro de 2012 e janeiro de 2013.
Após investigação, o suspeito foi preso em julho. Acusado de crueldade contra os animais e outros crimes, ele foi levado para a cadeia com uma fiança de US$ 250 mil.




Cirurgião rouba heroína ingerida por paciente após cirurgia na Rússia

Cirurgia havia sido realizada no hospital da cidade de Bogotol. Policiais encontraram 5 gramas de heroína ao revistar o cirurgião.

  Os policiais encontraram uma bolsa com cinco gramas de heroína ao revistar o cirurgião quando ele saía da operação, realizada no hospital da cidade de Bogotol, disse a polícia de Krasnoiarsk, capital da região que se encontra 4.000 km a leste de Moscou, em um comunicado.
   Os investigadores constataram que o cirurgião se apropriou de parte da heroína extraída do estômago do paciente, segundo o comunicado.
   No momento da detenção, o médico estava sob efeito da droga, de acordo com a mesma fonte.
   A justiça abriu duas investigações penais contra o cirurgião, uma por roubo de produtos entorpecentes e a segunda por aquisição e posse ilegal de droga. Ele pode ser condenado a até 15 anos de prisão.
Nenhuma informação sobre o paciente ou sobre a quantidade total de heroína ingerida foi divulgada.
  Tinha que ser na Rússia.





Compartilhe no Facebook Compartilhe no Tweeter Compartilhe no Google+ Inscreva-se no nosso Feed Voltar ao Início Image Map

Comente com o Facebook: