quinta-feira, 18 de julho de 2013

The Bloop

bloop, zona 33, kraken, mistério, the, o bloop, monstro, mar, oceano
   O mar é um mundo ainda pouco explorado, cheio de mistérios que fascinam pessoas de todos os tipos. Várias estórias são contadas sobre monstros que vivem nas profundezas dos mares; criaturas bizarras e aterrorizantes. Seres como o Leviatã, as Sereias, e o famoso Kraken, amedrontam marinheiros e permeiam nossa imaginação. Entretanto, todo mito tem origem em algum tipo de fato.


bloop, zona 33, kraken, mistério, the, o bloop, monstro, mar, oceano
  O Kraken, segundo a mitologia era uma espécie de lula ou polvo gigante que ameaçava os navios no folclore nórdico. Este cefalópode tinha o tamanho de uma ilha e cem braços, acreditava-se que habitava as águas profundas do Mar da Noruega, que separa a Islândia das terras Escandinavas, mas poderia migrar por todo o Atlântico Norte. O Kraken tinha fama de destruir navios, mas só destruía aqueles que poluíam o mar e navios de piratas.
O Kraken também pode ser visto na mitologia grega como um polvo gigante com membros humanoides com uma armadura impenetrável e que habitava uma caverna submersa. Muitas das histórias e mitos têm origem em algum fato concreto. Poderíamos estar diante de uma prova concreta da existência de uma criatura submarina colossal? Confira:

   Durante o verão de 1997, foi detectado várias vezes pelo U.S. National Oceanic and Atmospheric Administration (NOAA), um som subaquático extremamente poderoso à uma frequência ultra-baixa. O som, apelidado de Bloop, foi detectado em um ponto remoto no sudoeste do Oceano Pacífico, e segundo os relatórios da NOAA, aumentou rapidamente na frequência durante cerca de um minuto e sua amplitude foi suficiente para ser ouvida em vários sensores a uma distância de mais de 5.000 km.
  O NOAA descartou qualquer som conhecido pelo homem, como de um submarino ou uma bomba, ou sons geológicos, como vulcões e terremotos. O perfil de áudio da Bloop se assemelha ao de uma criatura viva, o que aumenta ainda mais o mistério, pois foi várias vezes mais alto que o som mais alto do mundo animal, o da baleia-azul, que chega à 188 decibéis.
  Criptozoologistas têm especulado que a Bloop poderia ter vindo de um monstro marinho com um tamanho colossal, várias vezes maior do que a maior criatura viva conhecida. Outros sugeriram que ela poderia ter sido provocada por bolhas enormes provenientes de reações químicas no fundo do mar ou algo a ver com a interação das poderosas correntes oceânicas. Porém, é preciso lembrar que o perfil de som representou uma criatura viva.


Neste vídeo, você pode conferir o som:


Apesar de outros sons estranhos e igualmente fortes terem sido detectados ao longo dos anos, o som Bloop nunca mais foi ouvido.


bloop, zona 33, kraken, mistério, the, o bloop, monstro, mar, oceano   Um muito curioso, é que o Bloop foi localizada ao sul do Oceano Pacífico, que é o local da cidade perdida de R'lyeh, da obra Great Old One Cthulhu de HP Lovecraft, que abrigava criaturas cósmicas, que teriam vindo à Terra antes desta abrigar a vida. No final a única coisa que nós ainda temos são estórias....









bloop, zona 33, kraken, mistério, the, o bloop, monstro, mar, oceano
Cthulhu


bloop, zona 33, kraken, mistério, the, o bloop, monstro, mar, oceano





Compartilhe no Facebook Compartilhe no Tweeter Compartilhe no Google+ Inscreva-se no nosso Feed Voltar ao Início Image Map

Comente com o Facebook: